sexta-feira, junho 08, 2012

ACELERA-SE O CUMPRIMENTO DOS SINAIS PROFÉTICOS...

"Já está próximo o fim de todas as coisas..." (1 Pedro 4:7).

Para os estudiosos das profecias bíblicas, não restam dúvidas de que estamos no final dos "últimos dias" descritos na revelação bíblica, sendo que cada dia vai trazendo novas e assustadoras confirmações destes "sinais" anunciados há 2.500 anos atrás, confirmados pelo Messias Jesus há 2 mil anos e revelados novamente ao profeta/apóstolo João  há 1.900 anos na ilha de Patmos.
Quero só compartilhar consigo alguns dos sinais revelados ontem e hoje pela comunicação social (note: só mencionarei notícias chegadas nestes 2 dias) e que nos mostram o quão próximos estamos do fim de todas as coisas:

1 - TERRAMOTOS
"...haverá em vários lugares, grandes terramotos..."
(Lucas 21:11)
Só nas últimas 48 horas registaram-se importantes sismos:
- Terramoto 5.8º em Maule, no Chile, às 12H05 locais.
- Terramoto 5.9º em Fiji
- "O maior evento sísmico alguma vez registado tanto na Inglaterra como na Irlanda" foi registado ontem, e classificado por um sismólogo como "inesperado" e colocando "questões muito interessantes aos geólogos".
O terramoto foi registado com uma magnitude de 4 na escala de Richter, a 60 kms a oeste de Belmullet, e a uma
profundidade de 3 km, às 8H58 locais. Segundo Tom Blake, da Rede Nacional Sísmica Irlandesa (INSN) este foi "o maior sismo local alguma vez registado". Foi também o segundo maior alguma vez registado em toda a Grã-Bretanha e Irlanda.
SINAIS INÉDITOS - Hoje mesmo foi reportado que em MECA, na Arábia Saudita, deu-se um estranhíssimo fenómeno, quando caiu chuva à temperatura mais alta alguma vez registada na História: 45º centígrados, um fenómeno inexplicável quando o índice de humidade do ar registava apenas 18º...

2 - GUERRAS
"E ouvirei de guerras e rumores de guerras...porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino..." (Mateus 24:6,7)
A Rússia tem o maior arsenal de armas nucleares do mundo: 10.000 ogivas!
Segundo o relatório publicado na segunda-feira pelo Instituto de Pesquisa para a Paz Internacional em Estocolmo, Suécia, a Rússia - que está ajudando o Irão a desenvolver o seu programa nuclear - tem mais ogivas nucleares do que qualquer outro país no mundo.
Segundo o relatório, a Rússia dispõe neste momento de 10.000 ogivas nucleares.
Estima-se em 19.000 o número de ogivas nucleares no mundo inteiro, actualmente na posse de oito países. A lista de países inclui Israel, que o Instituto acredita possuir 80 ogivas nucleares. A política oficial de Israel sobre isto é de "ambiguidade nuclear", mas quase todos assumem que Israel fabricou ogivas atómicas. As estimativas anteriores referiam 200.
Os Estados Unidos têm o segundo maior arsenal, com 8 mil ogivas. Ambas as super-potências possuem 90 por cento de todas as ramas nucleares. A França deverá ter 300, a China umas 240, a Grã-Bretanha 225 e a Índia e o Paquistão deverão ter umas 100 cada.

3 - EUROPA A CAMINHO DO ANTICRISTO
"E eu vi subir do mar (Mediterrâneo) uma besta que tinha 7 cabeças e 10 chifres..." (Apocalipse 13:1)
"E, quanto às dez pontas (chifres), daquele mesmo reino (o 4º reino, o império romano revivificado) se levantarão 10 reis; e depois deles se levantará outro (o Anticristo), o qual será diferente dos primeiros e abaterá a três reis."
(Daniel 7:24)

MERKEL PROMOVE FORMAÇÃO DO IMPÉRIO DO ANTICRISTO
As declarações da "dona" da Europa, a alemã Angela Merkel, proferidas ontem de manhã, não deixam dúvidas de que o que ela e outros líderes europeus pretendem é uma Europa formada por alguns países ("reinos") que vão no pelotão da frente, e os outros seguindo na retaguarda. É a chamada "Europa a duas velocidades".
Mas o pior é que será uma Europa cada vez mais centralizada e com poderes económicos e políticos subordinados a um poder único. Eis as preocupantes afirmações de Merkel a escassas semanas da próxima cimeira europeia, que poderá marcar o destino profético da Europa:
"Necessitamos não só de uma união monetária, mas também de uma união fiscal, de uma política orçamental comum" - referiu a chanceler ao canal público ARD, considerando que o mais importante é a Europa avançar para uma união política: "...o que quer dizer que, passo a passo, dever-se-á dar mais poderes à Europa e também possibilidades de controlo (à Europa)."
Este é mais um avanço para a formação do "império da besta" (anticristo) sediado no antigo império romano revivificado (não é de estranhar que a União Europeia tenha nascido em Roma...) com 10 nações encabeçando o pelotão da frente, comandado pelo "super-homem", o Anti-Cristo, prestes a se manifestar...

4 - DECADÊNCIA MORAL E PERSEGUIÇÃO AOS CRISTÃOS: A CAMINHO DA GRANDE TRIBULAÇÃO
"Então vos hão-de entregar para serdes atormentados..." (Mateus 24:9)
Uma decisão do juiz Tim Garcia, do tribunal do Novo México, EUA, diz que os estados americanos podem obrigar os cristãos a violarem a sua fé para a realização de negócios. Esta decisão incluiu ainda uma multa de quase 7 mil dólares a um fotógrafo que se recusou a fotografar uma cerimónia de "compromisso" entre duas lésbicas, num estado em que o casamento entre pessoas do mesmo sexo é (ainda) ilegal.
Os juízes Cynthia Fry e James Wechsler  juntaram-se à condenação do tribunal, apoiando Garcia, e que envolveu a empresa "Elane Photography", cujos proprietários Elaine e Jonathan Huegeunin, são cristãos e recusaram-se a tirar fotos às 2 lésbicas.

5 - ISRAEL NO FINAL DOS TEMPOS
"E removerei o cativeiro do Meu povo Israel, e reedificarão as cidades assoladas e nelas habitarão..." (Amós 9:14)
O ministério israelita para a construção e alojamento anunciou ontem planos para mais 851 novas habitações para a Judeia e Samaria.
Este anúncio seguiu-se à recente votação no parlamento a favor do desmantelamento do aldeamento de Ulpana Hill, em Betel.
O ministro Ariel Atias informou ontem à noite que em adição às 300 unidades habitacionais prometidas para Betel em troca da recolocação de 5 edifícios de apartamentos que alojavam 30 famílias, ele iria aprovar mais 551 em Ariel, Maale Adumin, Adam, Efrata e Kiryat Arba.
E, como sempre acontece, este anúncio já está a trazer a condenação internacional (França e ONU), algo a que Israel - um país soberano a construir na sua própria terra - já está sobejamente habituado...

6 - O "DESPOJO" QUE LEVARÀ Á À INVASÃO DE ISRAEL PELA CONFEDERAÇÃO DE NAÇÕES COMANDADA POR GOG (RÚSSIA)
"Subirás (Gog), virás como uma tempestade...tu e todas as tuas tropas e muitos povos contigo...afim de tomar o despojo, e de arrebatar a presa, e tornar a tua mão contra as terras desertas que agora se habitam e contra o povo que se ajuntou dentre as nações, o qual tem gado e possessões e habita no meio da terra." (Ezequiel 38:9, 12)
Israel descobre outro gigantesco jazigo de petróleo e gás natural ao largo da costa do Mediterrâneo.
Uma companhia de energia israelita anunciou no passado Domingo ter descoberto um jazigo ao largo da sua costa que poderá ultrapassar as descobertas anteriores em termos de possibilidades de desenvolver petróleo para fins comerciais.
A "Israel Opportunity Energy Resources LP" anunciou que as suas licenças Pelagic indicavam uma quantidade de 6,7 triliões de pés cúbicos (TCF) de gás e 1,4 biliões de barris de petróleo.
Segundo o chairman da empresa, "A quantidade de gás descoberto nas licenças, e as altas probabilidades fazem desta a terceira maior descoberta na costa marítima até hoje."
E acrescentou: "Esta quantidade garante o futuro energético de Israel por décadas, tornando até possível a Israel exportar gás e incrementar as receitas do estado sem ter de se preocupar com reservas de gás para o consumo doméstico."
É minha convicção que a existência de petróleo nas profundezas de Israel está profetizada há cerca de 4 mil anos atrás (Génesis 49:25), quando Jacob abençoa o seu filho José com estas palavras: "...pelo Deus de teu pai, o qual te ajudará, e pelo Todo-Poderoso, o qual te abençoará com bênçãos dos céus de cima, com bênçãos do abismo, que está debaixo..."
Que outra "bênção do abismo que está debaixo", senão a riqueza do petróleo?

Todos estes sinais em escassos dias podem ser algo de impressionante para muitos. Contudo, ao olharmos para o relógio profético de Deus reconheceremos que nada disto é surpreendente, uma vez que nos aproximamos velozmente do Grande Dia!
A questão que permanece é esta: estaremos nós preparados?
Para os seguidores (discípulos) do Messias Yeshua, estes são sinais animadores e confortantes: "Ora, quando essas coisas começarem a acontecer, olhai para cima, e levantai a vossa cabeça, porque a vossa redenção está próxima." (Lucas 21:28)
Mas, para os que se mantêm na sua arrogância, indiferença ou religiosidade, estes são sinais indicadores da necessidade urgente de se prepararem para a Vinda do Rei, através do arrependimento e confissão dos pecados directamente a Ele, contando com a Sua inesgotável misericórdia, de outra forma ficarão para sempre condenados: "E os reis da terra, e os grandes, e os ricos, e os tribunos (os políticos), os poderosos e todo o servo e todo o livre se esconderam nas cavernas e nas rochas das montanhas e diziam aos montes e aos rochedos: 'Caí sobre nós e escondei-nos do rosto d'Aquele que está assentado sobre o trono e da ira do Cordeiro, porque é vindo o grande Dia da Sua ira; e quem poderá subsistir?'" (Apocalipse 6:15-17)
A grande questão é: de que lado Você está? Se está no lado errado, volte-se agora mesmo para Deus!
Estarei ao seu dispôr para o/a judar a tomar essa tão crucial decisão: é na verdade uma decisão de vida ou morte! O destino eterno da nossa vida é determinado enquanto estamos deste lado, por isso não há meio-termo nesta questão...
Contacte-me, se assim o entender, para o meu e-mail pessoal:
Deus o/a abençoe!
Shalom!

3 comentários:

Anónimo disse...

Gostaria de acrescentar, a sodomização dos últimos meses acontecendo em vários países como uma corrente que vai passando de um para o outro caracterizando uma tendência mundial, bem como a intensificação do movimento gay e a tentativa de tornar a Palavra do Senhor um livro ultrapassado. Adalberto Pimentel

Anónimo disse...

e o arrebatamento em que fase dessa história se dá no seu entendimento?

Elias Oliveira Elias disse...

O arrebatamento acontecerá, provavelmente, na tribulação, quando o anticristo se manifestar, conforme 2 Tessalonicenses 2:3 - Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição.
Porém o arrebatamento precede à Grande Tribulação, que é o período final do reinado do anticristo, nos últimos 3 anos e meio.