domingo, novembro 24, 2013

O TRIUNFO DO MAL

"Um erro histórico!" - foi com estas simples palavras que Netanyahu definiu o acordo conseguido esta madrugada entre as 6 potências mundiais - P5 + 1 - e o Irão sobre o programa nuclear do regime iraniano.
Segundo o primeiro-ministro israelita, o acordo não é como tem sido anunciado "um acordo histórico", mas antes "um erro histórico".
Netanyahu acrescentou ainda que a partir de agora "o mundo tornou-se um lugar muito mais perigoso para se viver, uma vez que o mundo mais perigoso do mundo está dando passos significativos para conseguir a arma mais perigosa do mundo."
Segundo Netanyahu, "Esta é a primeira vez que os poderes dominantes neste mundo concordaram com o enriquecimento do urânio ao mesmo tempo que ignorando a resolução do Conselho de Segurança da ONU que eles próprios lideraram e anos dignos de sanções que contêm a chave para uma solução diplomática para a paz. Estas sanções estão sendo agora removidas em troca de concessões de cosmética que podem ser desfeitas pelos iranianos numa questão de semanas."
"As ramificações deste acordo ameaçam uma quantidade de nações, das quais Israel é uma. Israel não está preso a este acordo enquanto o Irão estiver jurando a destruição de Israel. Israel tem o direito de se proteger à face de qualquer perigo. 
Quero reiterar que, como primeiro-ministro de Israel - Israel não permitirá que o Irão desenvolva capacidades militares nucleares."

OS RESPONSÁVEIS PELO "ERRO HISTÓRICO"
"ENRIQUECIMENTO DO URÂNIO ACEITÁVEL PELAS POTÊNCIAS MUNDIAIS"
Entretanto, e não cabendo em si de contente e satisfeito - obviamente por ter conseguido vergar as potências mundiais, enganando-as mais uma vez - o presidente do Irão Hassan Rouhani afirmou que o acordo nuclear conseguido esta madrugada entre o Irão e as 5 potências mundiais assinalou uma aceitação do enriquecimento do urânio no Irão e que as sanções punitivas tinham começado a rachar.
"O direito do Irão ao enriquecimento do urânio no seu solo foi aceite neste acordo nuclear com as  potências mundiais." - afirmou o líder iraniano diante das câmaras de TV iranianas, acrescentando: "A estrutura das sanções contra o Irão começou a rachar."
O presidente do Irão acrescentou ainda que "o Irão nunca procurou ter armas nucleares."
Shalom, Israel!


4 comentários:

Anónimo disse...

Conclusão: os ocidentais, fracos e cobardes, cederam. Traíram as suas raízes históricas judaico-cristãs e juntaram-se aos seus piores inimigos!

Mais uma vitória para o islão!

Eu já contava com isto, francamente!!!

E o amanhã soma e segue como se nada fosse! O mundo fica muito melhor a partir de agora!!!

As nações do Mundo Livre (que agora está prisioneiro) não se dão conta da gravidade dos perigos em que estão afundando.

É por tudo isto que o futuro é negro, esta gente indigna está dando cabo do Ocidente, de Israel e do amanhã dos nossos filhos e netos.

Anónimo disse...

Eu já contava com este desfecho, francamente!!!
Com os apátridas cobardes ocidentais que estavam sentados à mesa, eu já contava com isto!

A realidade fica muito melhor a partir de agora!!!

As nações do Mundo Livre (que agora está prisioneiro) não se dão conta da gravidade dos perigos em que estão afundando.

É por tudo isto que o nosso futuro é negro, estes insolentes indignos estão dando cabo do amanhã dos nossos filhos e netos.

Tenho quase 50 anos de idade e nunca vi naives tão estúpidos como Bobama e Companhias Europeias Lda.

E com que então a França do esquerdelho Hollande, que ainda agora visitou israel e tinha prometido apoiá-lo, heim??? Pois bem, a promessa francesa acabou com o Ministro dos Negócios Estrangeiros francês aos abraços com o fuínha iraniano a distribuir sorrisinhos disfarçantes e cínicos.

Toma lá França, estás cada vez mais islamizada, já nem liberdade de movimentos tens!!!

Anónimo disse...

Muita coisa está para acontecer em 2014.
Fabiana

António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.