terça-feira, janeiro 03, 2017

DESPENHOU-SE DRONE EUROPEU QUE ANDAVA A ESPIAR CIDADES JUDAICAS E QUARTÉIS DAS IDF NA JUDEIA E SAMARIA

Um drone com uma câmara de video que se despenhou hoje numa área florestal dos Montes Hermon revelou ser um equipamento de espionagem oriundo da União Europeia e que andava a espionar e a recolher informações sobre povoações judaicas na Judeia e na Samaria.
FILMAGENS FEITAS PELO DRONE
ANTES DE SE DESPENHAR NA JUDEIA
O drone foi visto a despenhar-se por residentes da povoação de Ma'on, na Judeia, tendo sido recolhido pelos mesmos e levado às instalações de uma organização para a preservação das terras do estado judaico (Regavim Movement for Preservation of State Lands).
Qual não foi  espanto ao verificar-se que este drone tinha sido enviado pela União Europeia - que se esperava fosse um parceiro honesto - mas que estava a cooperar em conjunção com residentes de aldeias e povoados árabes para espiar povoações judaicas na Judeia e na Samaria, algumas das quais detentoras de bases e antenas militares de Israel!
O drone continha muitos videos com gravações de espionagem, sendo o último a gravação do próprio despenhamento.
A organização judaica Regavim culpou a falha do governo em agir contra as construções ilegais de habitações árabes pela União Europeia na chamada "área C", uma violação clara dos Acordos de Oslo. A União Europeia foi também condenada pelo seu descarado acto de espionagem a comunidades judaicas e a localizações das Forças de Segurança de Israel.
"Aquilo que era inicialmente construção ilegal, continua, e agora já é até prejudicial à nossa segurança" - afirmou Oved Arad, líder do departamento da divisão de terras em Regavim, acrescentando: "Desde há vários anos que a União Europeia tem andado envolvida em construções ilegais na Judeia e em Samaria. Vê-se agora que os próprios representantes da UE andam conjuntamente com os palestinianos a documentar as povoações judaicas e áreas sensíveis na Judeia e Samaria. O Ministério dos negócios Estrangeiros tem de dar uma resposta forte e inequívoca a esta actividade que ultrapassa a linha vermelha e que é muito perigosa."

Quem diria...a União Europeia, apanhada a promover a espionagem totalmente ilegal no país que tanto se farta de condenar...

Shalom, Israel!

3 comentários:

Antonio Aquino disse...

ISRAEL PRECISA AGIR E NÃO CONTAR MAIS COM A ONU PORQUE TODOS ESTÃO CONTRA ISRAEL
ISRAEL PRECISA MUDAR E TER OUTRA POSTURA RADICAL EM RELAÇÃO A ONU

voz que clama no deserto disse...

Para que finalidade seriam estas filmagens a esta altura dos acontecimentos, hein???? Para o uso de qual/quais nação/nações???
Penso que com a tecnologia atual, conhecer minuciosamente a geografia do oponente é fundamental.
Portanto: levantai o portais as vossas cabeças!!!!

Ruben MANUEL PEREIRA Fontoura e Celeste Maria Morais Gonçalves Fontoura. disse...

Com que autoridade a União Europeia anda a construir em território que não lhe pertence?
Este drone pode ser a ponta descoberta de alguma coisa mais que anda por lá disfarçada. Israel que se ponha a pau...